Monday, April 2, 2018

Horror na Páscoa

    A semana santa finalmente havia chegado e Miguel estava muito ansioso com o seu brilhante plano para aproveitar a páscoa com seu melhor amigo Vitor.

    Na sexta-feira santa eles marcaram de dormir na casa de Miguel, no entanto eles planejavam algo muito maior e mais sombrio.

    De acordo com a bíblia Jesus foi crucificado às 3 da tarde, desde então o diabo vaga pela Terra as 3 da manhã da sexta-feira santa, amaldiçoando aqueles que se afastaram de Deus e para zombar da morte de Jesus.

    _ Está tudo pronto para o ritual? _ Perguntou Vitor.

    _ Está quase, falta apenas acender as velas e desenhar o pentagrama. _ Respondeu Miguel furando a ponta de seu dedo, deixando que aquela gota de sangue pingasse sobre a mesa.

    Os dois estavam começando o seu ritual satânico para invocar Lúcifer, Vitor por ser ateu apenas aceitou participar para ver a reação de Miguel quando nada ocorresse durante o ritual.

    Quando chegou as 2:59 da manhã Miguel utilizou aquele sangue para desenhar o pentagrama invertido, representando a queda da Santíssima Trindade perante os dois chifres do diabo.

    _ Aquilo eu abdico da Santíssima Trindade e ligo minha alma com a de Lúcifer, jurando lealdade eterna. _ Disse Miguel após terminar o pentagrama.

    Vitor já estava começando a rir da cara de Miguel pelo fracasso do ritual quando o clima esfriou de repente. Uma voz grave e sombria ecoou pelos corredores da casa de Miguel dizendo:

    _ Vocês não sabe o que estão fazendo, mas agora é tarde demais para voltar atrás. Estou aqui para buscar suas almas em troca do que desejarem.

    _ Nos não vamos vender nossas almas para o senhor das trevas. Estamos aqui para negociar outra coisa. _ Disse Miguel com a voz firme, enquanto Vitor estava em estado catatônico com a cena diante de seus olhos.

    O diabo tomou a forma de um anjo, porém com asas negras assim como seus olhos, que olhavam fixamente para os dois meninos enquanto um enorme sorriso com seus dentes afiados aterrorizavam os dois.

    _ O que vocês estão dispostos a negociar então? _ Perguntou Lúcifer acariciando o rosto de Vitor com suas longas e afiadas garras.

    _ Eu que te invoquei, é a mim que você quer. _ Disse Miguel puxando Vitor para perto de si e o afastando de Lúcifer.

    _ Tenho certeza de que vocês não tem motivos para confiar em mim, no entanto o ofereço três desejos, mas irei tirar três coisas de vocês. _ Disse o diabo.

    _ Combinado. Em primeiro lugar eu quero que o amor da minha vida me ame assim como eu a amo. _ Disse Miguel mostrando um certo entusiasmo com aquilo.

    _ A segunda coisa é que domingo é páscoa e não temos dinheiro para comprar ovos, então eu quero comer todos os ovos de páscoa que eu puder. _ Continuou Miguel.

    _ Você ainda tem mais um desejo, mas saiba bem como vai escolhe-lo, pois o preço a pagar por ele será alto. _ Disse o diabo diminuindo o ânimo de Miguel, enquanto Vitor seguia sem dizer uma só palavra.

    _ Eu quero saber o segredo da felicidade, pois assim eu seria feliz para sempre. _ Disse Miguel.

    _ Agora que vocês já decidiram o que querem eu lhe darei tudo o que você pediu Miguel, mas não direi o que vou cobrar, você descobrirá na hora certa. _ Disse Lúcifer antes de sumir como em um piscar de olhos.

    No dia seguinte Miguel convidou Júlia para almoçar em sua casa, que logo aceitou. Mais tarde naquele mesmo dia Júlia e Miguel são vistos se beijando e tirando as roupas no quarto de Miguel, de fato o diabo havia cumprido o que prometeu.

    _ Júlia!!! Não acredito que você está me traindo com o meu melhor amigo. _ Disse Vitor.

    _ Não é o que você está pensando amor. _ Tentou argumentar Júlia.

    _ Então esse era o amor da sua vida que você pediu no ritual? Aproveite essa vadia o quanto quiser, mas saiba que você acabou de perder seu melhor amigo. _ Disse Vitor enquanto suas lágrimas escorriam pelo seu rosto.

    Naquele dia Miguel ganhou a garota mas perdeu seu amigo, no fundo ele se arrependeu do que fez, mas não chegou a pedir desculpas a Vitor por trair sua confiança.

    No dia seguinte finalmente chegou a páscoa e Miguel estava ansioso para devorar seus ovos de páscoa, sua nova namorada era muito rica e havia comprado vários ovos para agrada-lo.

    No entanto ao abrir o ovo feito de seu chocolate favorito Miguel se depara com uma cena horrível que o faz chorar feito uma criança.

    Miguel tinha um coelho que sempre foi muito bem cuidado por ele, ele sentia um afeto inexplicável pelo animal, porém vê-lo morto em pedaços e embalado naquele ovo como uma agradável surpresa enviada pelo seu ex-melhor amigo o deixou extremamente chocado.

    Depois dessa horrível páscoa que Miguel jamais irá esquecer finalmente chegou a segunda feira, o dia da realização de seu último desejo, porém Miguel estava com muito medo do que poderia perder, este era o seu maior dos três desejo, então seria o maior preço a pagar também.

    O tempo passava e nada demais acontecia, o que só deixava Miguel ainda mais apreensivo, no entanto logo no começo da noite Júlia liga para Miguel dizendo que ele realizaria seu maior sonho na vida, o de ser pai.

    Miguel finalmente seria feliz, realizando seu último desejo. Ele decide então ligar para Vitor para dar a boa notícia, entretanto quem atende o telefone é a mãe de Vitor chorando muito. Vitor havia sido assaltado quando voltava da escola, por estar brigado com Miguel ele voltava sozinho para casa quando um homem armado o rendeu e deu dois tiros em sua cabeça, tirando sua vida.

    Finalmente Miguel entendeu o verdadeiro significado da felicidade, ele realizou seu maior sonho, porém perdeu seu melhor amigo que era como um irmão. A verdadeira felicidade é aquela que podemos compartilhar com quem amamos.

    Miguel jamais se perdoou pelo perda de Vitor e ele nunca foi feliz de verdade, pois já estava morto por dentro.



No comments:

Post a Comment

Você me prometeu, mamãe!!!

    Minha mãe me prometeu que tudo ficaria bem, ela disse que me protegeria todas as vezes que escutássemos os tiros, todas as vezes que...