Monday, April 23, 2018

O Crime do Século: Capítulo 1

    Ainda hoje não sei exatamente o que me fez aceitar este plano bizarro, o maior assalto da história de nosso país, maior até mesmo do que o assalto ao Banco Central em Fortaleza dando um prejuízo enorme de 164,7 milhões de reais.


    Nosso líder Tiradentes foi quem nos reuniu, um a um, eu fui o primeiro. Algum dia você já recebeu algum e-mail dizendo que ganhou um carro ou estava concorrendo a 5 mil reais e clicou para ver?

    Talvez eu tenha te mandado este e-mail para roubar seus dados e sua conta bancária. Por ter apenas 17 anos fui liberado enquanto meus companheiros foram presos, foi quando Tiradentes me encontrou e me recrutou.

    A próxima foi a vereadora, para o plano do assalto funcionar esta talvez seja a pessoa perfeita, pois ela já estava por dentro do que ocorria na prefeitura e iria colaborar lá da câmara manipulando seus colegas de trabalho sem que eles soubessem.

    A vereadora tem seu motorista que também passou a colaborar com o plano, ajudando-a na prefeitura, ele também fazia parte de alguns esquemas de desvio de dinheiro público com outros políticos.

    Por fim o policial que decidiu “trair sua nação” para ajudar no maior crime da história, seu codinome era Getúlio Vargas e ele ajudaria mantendo Tiradentes informado sobre as investigações da polícia.

    _ Vocês devem estar se perguntando por que eu reuni todos vocês aqui hoje, todos são importantes por suas especialidades. _ Disse Tiradentes.

    _ Você disse que esse vai ser o maior assalto da história, mas o que vamos roubar? _ Perguntei imaginando ser algum grande banco.

    _ Vocês vão roubar toda a fortuna dos maiores ladrões de nosso país, assim a polícia jamais irá atrás de uma fortuna que nem deveria existir. _ Respondeu Tiradentes sorrindo e mostrando uma foto da prefeitura do Rio de Janeiro.


    _ Nós nem sabemos seu nome verdadeiro, como espera que cofiemos em você? _ Perguntou a vereadora.

    _ Aqui ninguém saberá o nome de ninguém, a partir de hoje todos terão seus codinomes. _ Respondeu Tiradentes.

    O codinome que escolhi foi Edward Snowden, a vereadora se tornou a princesa Isabel, o motorista Martin Luther King e o policial Getúlio Vargas, cada um com a sua função, a minha era, além de hackear, produzir alguns vídeos com mensagens do nosso líder para a população após os assaltos.

    Não demorou muito para que Tiradentes começasse a executar seu grande plano, uns 45 dias depois de nos recrutar ele nos reuniu para contar como seria nosso primeiro assalto.

    _ Estão prontos para começarmos? Já temos nossa primeira “vítima”. _ Disse Tiradentes com a foto do Coordenador de Parcerias e Contratação de Serviços de Saúde.

    _ Este aqui é o Ronaldo, ele está sendo acusado de desviar 50 milhões de reais em dinheiro do hospital do câncer do Rio de Janeiro. Graças a ele muitas crianças não tem o devido tratamento contra essa terrível doença. _ Disse Tiradentes.

    _ Então você pretende roubar esse dinheiro. Como faremos isto? _ Perguntei ansioso para começar o roubo.

    _ A polícia ainda não tem pistas de onde o dinheiro pode estar, Vargas está me mantendo informado sobre toda a movimentação da polícia. _ Respondeu Tiradentes.

    _ Onde eu entro nesse plano? _ Perguntei.

    _ Enquanto a princesa Isabel e o Luther King tentam descobrir pistas na prefeitura você vai hackear todas as contas do Ronaldo, grampear ligações, vasculhar seus e-mails, faça o que for preciso para descobrir onde ele esconde esse dinheiro. _ Disse Tiradentes com a mão em meu ombro e me olhando como se nossas vidas dependessem disso.


    Horas mais tarde descobri por meio de uma ligação grampeada de Ronaldo o nome de dois funcionários do hospital que faziam parte do esquema. Cristhian e Eduardo, estagiários recém-contratados diretamente por Ronaldo.

    _ Tiradentes, eu encontrei algo que pode incriminar Ronaldo. _ Disse explicando tudo o que havia encontrado.

    _ Ótimo, mas isto ainda não é o suficiente, guarde todas as provas para incriminá-lo e volte a procurar o dinheiro. _ Respondeu Tiradentes se mostrando muito preocupado com o possível fracasso do plano.

    Mesmo sem a motivação que precisava eu continuei procurando qualquer pista que pudesse levar ao dinheiro, como transações bancárias, contas em nome de laranjas.

    Perto das quatro da tarde Tiradentes recebe uma ligação de Vargas dizendo que um morador próximo de um condomínio de luxo percebeu uma movimentação estranha em um dos apartamentos do terceiro andar.

    _ Edward, rastreie a ligação, temos que chegar a esse lugar antes da polícia. _ Disse Tiradentes sorrindo pela primeira vez desde o início do roubo.

    _ Encontrei, o único condomínio de luxo na área da ligação é o Bela Vista, consegui as imagens das câmeras de segurança e uma delas mostra Ronaldo entrando. _ Eu disse a Tiradentes imaginando a fortuna que nos esperava naquele lugar.

    _ Encontramos!!! _ Dizia Tiradentes às gargalhadas.

    _ Vargas, você vai até lá dizendo ao seu superior que vai atender a esse chamado. O resto de nós levaremos o rato até a ratoeira. _ Disse Tiradentes.

    _ Mas como vamos entrar sem sermos notados e estragar tudo? _ Perguntei pensando na possibilidade de acabar preso.

    _ Você vai roubar da própria polícia quando chegar a hora. _ Respondeu Tiradentes me olhando diretamente em meus olhos.

    Quando chegamos ao condomínio não demorou para que Vargas chegasse com duas viaturas e mais três policiais, Tiradentes sabia que com a denuncia e o apartamento abandonado a polícia iria entrar para investigar e encontraria o dinheiro.

    Enquanto isso na prefeitura a princesa Isabel já sabia qual seria sua parte do plano, momentos antes Tiradentes havia ligado para ela e lhe explicado exatamente o que fazer.

    Ela contou a Ronaldo o que estava acontecendo, a polícia estava investigando uma movimentação suspeita e iria mandar policiais verificarem as câmeras de segurança do condomínio que Isabel sabia que teriam filmado a entrada e saída de Ronaldo no local.

    _ Não é aquele apartamento que seu amigo te emprestou para colocar os pertences de seu pai que havia falecido? _ Perguntou a vereadora rindo por dentro vendo que o tudo ia de acordo com o plano.

    Tiradentes e eu vimos quando Ronaldo chegou ao condomínio com pressa para retirar todo aquele dinheiro de lá. No entanto em vão, as duas viaturas chegaram antes que ele conseguisse sair, Ronaldo foi pego no flagra tentando colocar 8 malas e 6 caixas com 50 milhões de reais em seu carro.


    A polícia prendeu Ronaldo e levou o dinheiro dentro do carro para a delegacia, onde posteriormente ele seria depositado em uma conta judicial. Esta é a parte que eu entro no plano, com a ajuda de Vargas consegui o número desta conta e o alterei para que os 50 milhões caíssem em uma conta falsa.

    Naquela noite todos nos reunimos para comemorar a primeira vitória no nosso assalto e finalmente dividir a primeira parte do dinheiro e em meio à comemoração do crime perfeito perguntei com quanto cada um ficaria.


    _ Como prometido parte deste dinheiro é de vocês, vamos dividir um milhão para cada. _ Disse Tiradentes já prevendo minha resposta.

    _ Como assim só um milhão? Somos cinco e temos R$ 50 milhões. _ Respondi indignado com a divisão do dinheiro.

    _ Vamos dividir cinco milhões entre todos nós e os outros 45 milhões vão ser usados na próxima etapa do plano. Não se esqueça de que este ainda não foi nosso grande assalto, R$ 50 milhões são apenas uns trocados perto do que vamos roubar. _ Disse Tiradentes me lembrando do grande plano.

    _ Agora você tem uma coisa a fazer e você sabe bem o que é. _ Completou Tiradentes. 


    Montamos todos os equipamentos, ligamos tudo e terminamos os preparativos para começar a gravar a mensagem. No vídeo Tiradentes estava com uma máscara grega, um terno e uma gravata, simbolizando a alta sociedade opressora. Na mensagem Tiradentes dizia:

    _ Vocês nem imaginam quem sou eu, permitam que eu me apresente, podem me chamar de Tiradentes. Fico muito feliz pela prisão de Ronaldo, mas sem nossa ajuda ele jamais seria preso, então ficaremos com sua fortuna de R$ 50 milhões.

    Durante o vídeo Tiradentes mostrou todas as provas que reunimos para incriminar Ronaldo, fotos do dinheiro, gravações das câmeras de segurança, áudio das ligações grampeadas, tudo que comprovasse a culpa de Ronaldo.

    _ Entretanto antes de encerrar esta mensagem eu digo que irei depositar 45 milhões de reais repartidos entre diversas instituições de saúde para realmente serem usadas na saúde pública, diferente do que Ronaldo pretendia fazer com este dinheiro.

    Este vídeo foi postado em um fórum da deep web, mas com a repercussão do caso logo chegou a superfície da internet onde todos tinham livre acesso. Ao investigarem o vídeo a polícia percebeu que o dinheiro havia sido desviado da conta judicial para uma conta falsa e sacado logo em seguida.

    Com isso terminamos a primeira parte de nosso crime perfeito e com este ato de caridade começamos a ganhar o carisma da população do Rio de Janeiro. Mas Tiradentes ainda me disse uma última coisa naquela noite quando eu postei o vídeo.


    _ Hora da segunda parte do plano, pegue minha parte do dinheiro e compre as armas para nosso segundo roubo, agora realmente começa o Crime do Século.

No comments:

Post a Comment

Não posso deixá-la morrer

     Não posso deixá-la morrer,  esse não pode ser o destino da minha filha, ela é apenas uma criança. Eu prometi a ela que não deixaria  ...